Quem Somos

Como surgiu a A.B.A.

O Hospital “Dr. Adhemar de Barros” foi fundado no dia primeiro de setembro do ano de 1938, sendo o único Hospital localizado nesta região. Esta Entidade surgiu em decorrência de um esforço conjunto da população local juntamente aos poderes públicos.

Em 1938 começou o movimento encabeçado pelo Dr. Augusto Galvão Vaz Cerquinho então Juiz de Direito desta Comarca. Com apoio dos Prefeitos da época, Isaias Teixeira da Silva e Alberto Dias Batista o plano de construção foi levado a sério até sua concretização.

“Construção do hospital datada em 1938”

Naquele distante 1938 um grupo de moças e senhoras da nossa sociedade, empunhando uma faixa com os dizeres “Não podemos morrer como os bichos do mato! Apiaí precisa urgente de um Hospital” e aos acordes da banda Lyra Apiaiense, percorreram as principais ruas das cidades, levando um lençol segurado pelas 4 pontas, no qual as pessoas iam colocando suas ofertas em dinheiro joias, e objetos de valor.

O movimento foi contagiante atingido todas as camadas sociais, leilões eram programados e realizados pela comissão pró-construção, quando então os Srs. Joaquim Elisário de Campos e Pedro Nolasco da Silva, proprietários do terreno hoje situado à Rua Primeiro de Maio, doaram aos empreendedores a área na qual foi construído o Hospital.

O Prefeito Isaias Teixeira da Silva, muito amigo do Dr. Adhemar Pereira de Barros, então governador do Estado de São Paulo, conseguiu recursos e a obra foi iniciada. Muito contribuiu o Sr. Abrahão Coutinho Vieira, Primeiro Presidente da Comissão pró-construção, o Prefeito Alberto Dias Batista, sucessor do Prefeito Isaias; proprietário como o Sr. Manoel Augusto, Ulcino Roberto Duarte, José Manoel Mancebo Hernandez, José Pedro de Melo e industriários como Adolfo Oswald e outros foram importantes para o avanço da obra contribuindo com materiais e donativos em dinheiro e a obra foi concluída e inaugurada. Nota-se que aquela época as dificuldades econômicas eram piores que a atual.

“Hospital em 1938 com sua construção já concluída”

Em Primeiro de setembro um grupo de pessoas da comunidade apiaiense, sob a presidência do então juiz de Direito da Comarca, Dr. Augusto Galvão Vaz Cerquinho, reuniu-se num dos apartamentos do 1° andar do Hotel Teixeira, de propriedade do Prefeito Isaias Teixeira da Silva, com a finalidade de construir uma Associação, que teria por objetivo a construção de um hospital na cidade, para atender a toda a população dos municípios de Apiaí, Ribeira e Iporanga, bem como dos distritos e bairros que os compunham.

Nessa mesma ocasião foi aprovado o primeiro Estatuto da Sociedade e indicada a Primeira Diretoria Executiva.

Foi empossada a 1ª Presidente da Sociedade Beneficente de Apiaí a Sra. Odila Hermann Cerquinho, esposa do Juiz de Direito, marcando assim a presença e importância da Mulher na vida Social da cidade.

O que podemos constatar na leitura das atas e dos poucos artigos de Jornais e que as dificuldades sempre foram grandes. Na edição do jornal “O Apiahy” de 6 de Agosto de 1939 a Presidente da Entidade fazia um apelo aos associados para levantamento de fundos para conclusão das obras. Entre outras observações, consta em certa altura da ata: “… Si todos os recebimentos forem feitos temos necessidade ainda de 14.890$000 (quatorze mil, oitocentos e noventa contos de réis) moeda da época. E completava: Essa quantia poderá ser facilmente levantada, em menos de 2 meses, independente dos donativos, bastando apenas que sejam passados nos vários Distritos e povoações da Comarca, uns 7.500 cartões dos 15.000 que já temos impressos, cada um deles a razão de 2$000 (dois mil réis). E concluía a presidente com uma afirmativa valida ainda para os nossos dias: É uma questão de boa vontade e de entendimento do Alcance da Obra humanitária que estamos empreendendo”.

“Reprodução do cartão contribuinte para a construção do Hospital da S.B.A.”

Muitos das pessoas que ajudaram a S.B.A. (Sociedade Beneficente de Apiaí) conhecida hoje como Associação Beneficente de Apiaí, tem seus nomes gravados em ruas da cidade de Apiaí.

“Inauguração de uma ala em 1961”
“Inauguração de uma ala em 1961”

Atualmente o Hospital geral de média complexidade de Apiaí atende as especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Obstetrícia/Ginecologia, Pediatria, Ortopedia e a demanda de Urgência e Emergência de Apiaí e municípios vizinhos, com papel estratégico no atendimento secundário hospitalar. No decorrer de 2016 atendemos aproximadamente 60.000 pacientes, entre ambulatório, urgência e emergência, observação e outros procedimentos, inclusive internações.

 

 

 

Os recursos para manutenção dos serviços são provenientes do Estado, dos Municípios e do faturamento da prestação de serviços junto ao SUS.

O município de Apiaí possui uma população de 25.077 habitantes (IBGE 2016), pertence à Comissão Intergestores Regional de Itapeva, está localizado na região Sudoeste do Estado de São Paulo e caracteriza-se como polo de referência para o Alto Vale do Ribeira composto pelos municípios de Apiaí, Barra do Chapéu, Itaóca, Itapirapuã Paulista e Ribeira. Essa região totaliza 41.344 habitantes, possui baixa densidade demográfica e, em geral o acesso até os núcleos urbanos é dificultado pelas longas distâncias, condições das estradas vicinais, topografia e grandes áreas de preservação natural.

Distâncias dos municípios para Apia
"Hospital em 2016"
"Hospital em 2020"

copyright © 2020 – Todos os Direitos Reservados